Escola do Samba - Instituto Nação

Instituto Nação
19ª Edição » 27/07/2014
Velha Guarda Musical do Camisa Verde e Branco
"Estou na velha guarda, tenho histórias para contar"

Velha Guarda faz show no AFROBASE em homenagem aos 100 anos da Escola de Samba Camisa Verde e Branco. Evento realizado pelo Instituto Nação no dia 27 de julho de 2014. O projeto ESCOLA DO SAMBA conta com a curadoria de João Nascimento e Paulo Dias.

 

Voltar ao Evento

Fotos

 

Voltar ao Evento

Vídeos

 
Voltar ao Evento

Biografia do Homenageado

 

NELSON PRIMO
Integrante mais antigo da Escola de Samba Camisa Verde e Branco, desfilou a primeira vez no Cordão Carnavalesco Camisa Verde e Branco em 1953, ano de sua fundação. Com mais de 60 anos desfilando no Camisa Verde e Branco, foi ritmista tocando caixa, Diretor de Bateria e compositor. Fez parte do grupo Embaixadores do Samba do programa “Almoço com as Estrelas” da TV Tupi.

PAULINHO
Chegou ao Camisa Verde e Branco em 1960, nos tempos de cordão, integrou a bateria da escola tocando contra surdo e tamborim e também foi compositor da escola.

DADINHO
Sem dúvidas o sambista mais respeitado pela comunidade Verde e Branco, atual Vice Presidente da escola, fundador da Velha Guarda. Entrou na escola em 1962 como ritmista, até hoje é considerado um dos melhores ritmistas de São Paulo, sabe tocar quase todos os instrumentos com excelência e também é compositor. Integrou o grupo JB Samba.

MELÃO
Jamelão é um dos sambistas e percussionistas mais respeitados do samba no Brasil, tem passagem livre em escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo. Iniciou sua carreira no samba na Escola de Samba Lavapés, a escola de samba mais antiga em atividade da cidade de São Paulo. Em 1965 entrou para o Camisa Verde e Branco e chegou a ser Diretor de Bateria. Excelente compositor possui muitas parcerias com Dadinho e Paulinho.

HAILTINHO
Fundador e Primeiro Presidente da Velha Guarda do Camisa Verde e Branco, assim como seus companheiros é excelente ritmista, participou dos primeiros movimentos de pagode realizados em São Paulo.

AIRTON SANTAMARIA
Integrante da Ala de Compositores, seu instrumento é o violão e toca muito bem cavaquinho. Em 1978, ao lado de Mário Luis, seu maior parceiro, foi vencedor do histórico samba enredo do Camisa Verde e Branco “Arte Moderna”. Antes de chegar ao Camisa passou pelas escolas de samba Peruche e Mocidade Alegre, venceu sambas enredos nas duas escolas, na Mocidade Alegre formou o invencível “Trio de Ferro” ao lado do Mário Luis e Wilson Freiro.

MÁRIO LUIS
Compositor de primeira linha e toca cavaquinho. Fez parte da escola de samba Mocidade Alegre e integrou imbatível “Trio de Ferro”. Ganhador de muitos sambas de enredo no Camisa Verde e Branco e Mocidade Alegre.

Voltar ao Evento

Comentar