Escola do Samba - Instituto Nação

Instituto Nação
12ª Edição » 03/07/2011
Vânia Bastos homenageou Edu Lobo

Vânia Bastos iniciou sua carreira artística na década de 80, ao lado de Arrigo Barnabé, com a histórica banda Sabor de Veneno (nos inesquecíveis LPs Clara Crocodilo e Tubarões Voadores). Em 1986, gravou seu primeiro disco solo, que já apontava sua pluralidade como intérprete. Em 1989 gravou o disco Eduardo Gudin e Vânia Bastos. Antes de lançar o seu último trabalho, "Nabocadolobo", Vânia gravou com outros grandes nomes da MPB como Caetano Veloso e Milton Nascimento. Cantando Caetano, Canta Mais e Vânia Bastos e Cordas – Canções de Tom Jobim Canções são alguns de suas 11 gravações.

 

Voltar ao Evento

Biografia do Homenageado

 

Filho do compositor Fernando Lobo, começou na música tocando acordeão, mas acabou se interessando pelo violão, contra a vontade do pai. Iniciou a carreira nos anos 60 fortemente influenciado pela bossa nova, quando então numa parceria com Vinicius de Moraes, compôs Só Me Fez Bem. Porém, com o decorrer do tempo adotou uma postura mais político-social, refletindo os anseios da geração reprimida pelo ditadura militar brasileira. Nesta fase surgiu uma parceria com Ruy Guerra e as composições engajadas Canção da Terra, Reza e Aleluia. Ao mesmo tempo em que participava de vários festivais de música popular, obtendo o primeiro prêmio em 1965 como Arrastão (com Vinicius de Moraes) em 1967 com Ponteio (com Capinam), e que venceu o Terceiro Festival de Música Popular Brasileira da TV Record. [Wikipédia]

Voltar ao Evento

Comentar