Escola do Samba - Instituto Nação

Instituto Nação
1ª Edição » 28/09/2008
Toninho Carrasqueira homenageou Pixinquinha
"Sonhou que era um chorinho tocado carinhoso"

Antonio Carlos Moraes Dias Carrasqueira nasceu no dia 09 de Setembro de 1952. Filho de músico, Toninho começou a tocar flauta muito jovem e com apenas 18 anos ingressou na Orquestra Filarmônica de São Paulo. O seu grande mestre foi o seu pai, João Carrasqueira, que era flautista e compositor. Considerado mestre no Chôro, o flautista estudou durante anos na Europa e hoje leciona na Universidade de São Paulo. Também é um dos músicos mais requisitados para tocar flauta nos palcos e nos estúdios de gravação.

 

Voltar ao Evento

Fotos

 

Voltar ao Evento

Biografia do Homenageado

 

Alfredo da Rocha Vianna Filho, Pixinguinha, nasceu no dia 23 de Abril de 1897 e começou a tocar flautas por incentivo do seu pai e aos 13 anos fez a sua estréia no disco com interpretação de choro. Aos 17 anos editou a sua primeira composição, chamada Dominante. Três anos mais tarde gravou um disco do "Grupo Pechinguinha" com duas composições de sua autoria. Em 1918 participou do grupo Oito Batutas com o qual viajou pelo Brasil e o Mundo. Nas décadas de 30 e 40 gravou muitos discos como instrumentistas e teve atuação expressiva como arranjador, mas em 1942 trocou a flauta pelo saxofone. Em 1951 deu aulas de música e canto orfeônico. Pixinguinha morreu no dia 17 de fevereiro de 1973

Voltar ao Evento

Comentar